30 de abr de 2010

De volta a Nárnia

Não sei se são os textos "pesados" do dia a dia que enaltecem o prazer da leitura desse tipo ou se, de fato, me apraz muito a escrita de C. S. Lewis.

Talvez seja a "simplicidade" ou as peculiaridades dos textos infantis... 

De qualquer forma posso afirmar que é um verdadeiro deleite voltar às Crônicas de Nárnia.

Me recordo que no ano passado li as três primeiras (O Sobrinho do Mago; O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; e O Cavalo e seu Menino), enquanto estudava para a prova da OAB (muito bem, Sr Rayc!).

Retorno à quarta: Príncipe Caspian (que recentemente foi objeto de adaptação no cinema).

Prazer em revê-lo, caro Aslam!




Trilha sonora: La Llorona - Beirut

6 de abr de 2010

Filmes

Não sou muito bom para fazer listas ou rankings.

Mas, como sugestão de meu amigo Miguel, resolvi relacionar o nome de alguns filmes dos quais gostei muito.

Não se trata de uma listo dos "10 mais" ou coisa parecida.

Tenho certeza que amanhã, se eu voltar a este post, vou querer acrescentar algum outro do qual não me lembrei.

Aqui estão alguns nomes daqueles filmes que de alguma forma me marcaram, sendo dignos de estarem em minha memória.

Gosto de ressaltar que muitas "obras de arte" eu só tive o prazer de conhecer devido às indicações de meus amigos, em especial durante a época mais profícua de minha vida: a faculdade! 

- O Fabuloso destino de Amelie Poulain (indicação direta da Tai e da Lê) - Trata-se de um filme muito rico e belo: a história, a parte gráfica, as cores...

- Amadeus - inspirado na vida do mestre Wolfgang Amadeus Mozart

- Shrek (trilogia)

- Tempo de despertar

- O violino vermelho

- O senhor dos anéis (trilogia)

Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

- Noiva cadáver

- Edward mãos de tesoura (esses três últimos como exemplares dos trabalhos da dupla Johnny Depp e Tim Burton)

- Letra e música

- Forrest Gump

- O Diário de Bridget Jones

- Bridget Jones - No limite da Razão

- Em Busca do Cálice Sagrado

- A Vida de Brian

- O Sentido da Vida (esses três últimos do maravilhoso grupo britânico Monty Phyton)

- 300

- Querida, encolhi as crianças

- De volta para o futuro

- Madagascar

- O gladiador

- Tudo acontece em Elizabethtown

- Entrevista com o vampiro

- Em busca da felicidade

- O resgate do soldado Ryan

- A vida é bela

- Armageddon

- Click

- O máscara

- O fantasma da ópera

- O todo poderoso

- O mentiroso

-  O curioso caso de Benjamin Button

- Mais estranho que a ficção

Tenho certeza que se eu continuar a pensar, a lista ainda vai aumentar.

Também gostaria de escrever sobre cada um deles, a impressão que me causaram etc. Mas o post ficaria imenso.

É muito interessante relembrar coisas assim. Pois além do filme em si, também existe todo o contexto em que o assisti,  a época, as companhias, as conversas sobre o mesmo, enfim, tudo isso também vem à mente.

Ah... eu sou um velho saudosista!